Domingo, 5 de Fevereiro de 2006

O dia de hoje

Bom hoje foi mais um daqueles dias complicados para as dietas, ainda assim não me portei mal. De manhã comi os meus cereais, depois fui almoçar fora. Como a dose é servida no prato não houve lugar a grandes exageros, não tivesse escolhido uma sobremesa calórica... Ainda assim, como é costume aos domingos, compenso porque não janto. Lanchei mais tarde e apenas um iogurte magro e duas tostas de arroz. Vamos ver se até à hora de deitar não faço asneiras...
publicado por Pauxana às 19:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 4 de Fevereiro de 2006

Considerações sobre o dia de hoje...

Tenho definitivamente de juntar os trocos para comprar uma balança digital... Não confio naquela balança de casa de banho que nunca está cronometrada como deve ser... Hoje dizia-me que peso 60 quilos... Não admito que me indique tal peso...
Bom, brincadeiras à parte, hoje não me portei lá assim muito bem, mas espero ter conseguido remediar os erros...
Para começar ao almoço comi feijoada. Era o que havia e como cheguei tarde a casa não estive para arranjar outra coisa para mim. Andei a ajudar o meu a transportar lenha durante uma parte da tarde, isso deve ter ajudado a gastar algumas calorias. Ao fim da tarde fui ao ginásio, ao todo queimei lá umas 250 calorias. Até aqui tudo bem... o pior foi que cheguei a casa e literalmente me empanturrei de bolachas... Tentei compensar ao jantar e comi apenas uma omelete feita com um ovo inteiro e uma clara acompanhada de salada. Continuo sem beber água e isso tem de mudar... Para a semana vou marcar consulta na nutricionista para ela me controlar. Acho que só assim é que vou conseguir emagrecer e vou também esperar pela consulta para com rigor apontar o meu estado actual e depois verificar os meus progressos, porque têm mesmo de ser progressos!
publicado por Pauxana às 23:05
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

As dificuldades no arranque...

Foi difícil conseguir fazer dieta durante esta semana, porque tive dois aniversários em casa (os dos meus pais, que fizeram anos respectivamente na quarta e na sexta-feira). Há ainda um almoço prometido para domingo e já sei que não vai ser fácil conter-me.
Durante a semana passei muito tempo sentada e não bebi praticamente água nenhuma, além disso cedi a vorazes apetites nocturnos e ataquei uns pacotes dumas bolachinhas de água sal integrais que são viciantes.
O que tentei fazer bem: regressei ao ginásio e, embora não me tenha aguentado mais de meia-hora, já foi um começo... Também tentei reduzir ao jantar a quantidade de hidratos de carbono, mas os aniversários trocaram-me as voltas, dado que não resisti aos bolos...
Bem, nas próximas semanas não há festas à vista, por isso não vou ter desculpas. Eis a dieta que pretendo seguir:

Pequeno-almoço: cereais com leite (Fitness ou Special K)
Meio da manhã (dias em que trabalho): um iogurte líquido magro
Almoço: para já sem restrições, mas com as seguintes preocupações: reduzir os hidratos de carbono, evitar os molhos e, tanto quanto possível, privilegiar os grelhados.
Lanche: um iogurte líquido, no máximo 3 bolachas ou duas tostas de arroz ou uma maçã e uma bolacha.
Jantar: salada ou legumes cozidos e peixe grelhado ou cozido
Antes de deitar: nunca comer bolachas: beber um pouco de leite ou um chá quente

Outras regras:
- Não provar os molhos quando estou a cozinhar
- não atacar o armário das bolachas enquanto estou na cozinha (andar com uma pastilha elástica na boca)
- deitar-me cedo (nunca além da meia-noite e meia)
- andar a pé sempre que possa (continuar a deixar o carro longe)
- fazer exercício (bicicleta, step e abdominais diariamente, combinados com idas ao ginásio)
- tentar beber água durante o dia
- pôr os cremes refirmantes
- usar a máquina de massagem
- marcar consulta na Naturhouse para acompanhar a dieta com produtos naturais adequados e me fazer medições da gordura corporal
- marcar consulta no High Care Center por causa da celulite

publicado por Pauxana às 01:46
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2006

Os conselhos do passado que quero adoptar para o presente

1. Consumir no máximo 2 colheres de azeite por dia.
2. Beber um litro e meio de água por dia, preferentemente fora das refeições
3. Confecções dos alimentos mais adequadas: grelhados, cozidos, ao vapor, "ao papilote".
4. Moderar o consumo de sal, mas usar livremente outros condimentos e ervas aromáticas.
5. Se sentir fome, tomar uma infusão não açucarada ou vegetais frescos, em especial aipo que é depurativo, diurético e saciante ou um iogurte magro.
6. Substituir o açúcar por edulcorante.
7. Mastigar bem os alimentos e comer devagar: está provado que a sensação de saciedade só chega ao cérebro 15 minutos após se ter deixado de comer.
8. Manter um horário regular nas refeições, evitando petiscar entre elas.
9. Fazer exercício físico regularmente ou andar.
10. Não adiar a dieta.
11. Não pretender o impossível: procurar emagrecer lentamente.
12. Evitar colocar as travessas e tachos sobre a mesa porque é fácil perder o controle das vezes que se repete o prato e da quantidade que se come.
13. Tomar um bom pequeno-almoço.
14. Não saltar as refeições.
15. Usar panelas e frigideiras anti-aderentes.
16. Nunca ir às compras de estômago vazio para evitar as tentações.
17. Lavar os dentes cada vez que sentir fome (pastilhas elásticas de menta tb funcionam)
18. Não comer para acalmar a angústia: ao problema irão somar-se os remorsos por parar a dieta.
19. Não recorrer aos doces para combater o esgotamento ou a fadiga: comer tomates e laranjas, que são ricos em potássio.
20. Pesar-se apenas uma vez por semana.
21. Combater o aborrecimento: come-se muitas vezes apenas porque não se tem nada para fazer.
22. Cozinhar com imaginação para evitar cair na monotonia ou nas velhas receitas repletas de calorias.
23. Numa festa, não deixar de comer as entradas, mas evitar o pão e privilegiar os mariscos.
publicado por Pauxana às 23:24
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 2 de Fevereiro de 2006

Descrição de um percurso atribulado 2

Entre o final de 2003 e o final de 2004 fui mantendo o peso com algumas oscilações. No Verão de 2004 voltei a emagrecer, cheguei aos 60 e desci ainda mais um pouco. No final do ano inscrevi-me na natação e em Janeiro de 2005 fui para um ginásio. A combinação do desporto, com jantares leves e um Verão quente fez com que atingisse o menor peso: 53 quilos e meio! Andava felícissima, toda a gente comentava a minha magreza e pela primeira vez pude usar um biquini na praia. Mas depois fiquei colocada com apenas 8 horas por semana, passo muito tempo em casa, sou eu que cozinho e a desocupação dá-me para comer. O frio também não ajuda: toda a gente sabe que as necessidades calóricas nos meses frios são sempre maiores, mas eu realmente tenho exagerado. Agora, quero conseguir aquilo que interrompi em Setembro: quero diminuir o peso, quero voltar a sentir-me bem sem estes incómodos pneus, quero voltar a fazer exercício sem me cansar rapidamente, quero voltar a ter níveis de colesterol controlados, quero que o meu biquini me fique muito melhor do que ficou no ano passado e obter um corpo firme.
publicado por Pauxana às 23:03
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

Descrição de um percurso atribulado

Sempre fui gorda, desde bebé. A minha mãe conta que nada me satisfazia. Era quase sempre a miúda mais gorda. Encontrar roupa que me servisse era um processo complicado. Havia alturas em que tinha consciência e vergonha da minha gordura, mas pouco ou nada fazia para alterar isso. Quando era miúda, os meus pais inscreveram-me na ginástica, conseguiram que eu perdesse alguns quilos mas à custa de uma grande humilhação porque eu não tinha jeito nenhum para dar cambalhotas, fazer a roda, dar saltos e outras actividades... Foi a estratégia errada.
Entretanto chegou a adolescência... Eu era uma miúda tímida e a minha gordura não ajudava... Como passava muito tempo sozinha em casa era frequente agarrar-me à comida. Fazia longos lanches quando chegava da escola.
O tempo foi passando. Há medida que ia aumentando de idade, ia fazendo tentativas infrutíferas de emagrecer que duravam pouco mais de uma semana. Assim, o peso foi aumentando ao longo dos anos.
Foi no meu primeiro ano de trabalho efectivo, ainda no decurso de uma depressão que mascarava com comida, que atingi o meu peso máximo: tinha 78 quilos, vestia o 44 e estava em risco de usar o 46. Foi então que resolvi que estava na hora de fazer uma dieta a sério e procurei ajuda. Estávamos em Setembro de 2002, tinha acabado de completar 24 anos.
Foi na Naturhouse que aprendi a fazer uma boa alimentação. De início foi difícil: deixar de comer hidratos de carbono, beber litro e meio de água por dia, só comer cozidos e grelhados, fazer jantares de peixe grelhado e ananás... Mas os resultados foram aparecendo. Perdia cerca de um quilo por semana e, como tinha, de certo modo o controle semanal da conselheira dietética, seguia à risca o que ela me mandava fazer e as coisas funcionavam.
E assim, consegui ir reduzindo os quilos a mais. Cheguei aos 62 quilos. A meta, na altura, era atingir os 60. Tinha reduzido já dois tamanhos. Vestia o 40 e já me enfiava em alguns 38. Largara o XL e já vestia o L. Olhar o meu reflexo no vidro de uma montra era agora um orgulho, aliás nas primeiras vezes nem me reconhecia e isso traduzia-se em pedaços de felicidade.

Continua...
publicado por Pauxana às 00:55
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
Quarta-feira, 1 de Fevereiro de 2006

Início

(Re)começo a luta. Agora quero ir até ao fim. Tenho força, vou ser capaz, vou conseguir obter o meu ideal de corpo, vou ficar em forma, vou melhorar a minha saúde!
publicado por Pauxana às 20:14
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
Pauxana 1,57 m. 28 anos Aveiro

links

posts recentes

Progressos...

Novo fôlego

Ponto de Situação

Mais gorda...

Novo ponto de situação

A primeira semana

De regresso à dieta

Novo ponto de situação

Ponto de situação

Quando a cabeça não tem j...

arquivos

Maio 2008

Setembro 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

blogs SAPO

subscrever feeds