Domingo, 21 de Janeiro de 2007

Ponto de situação

Este fim-de-semana fui a casa e pesei-me na minha balança. Indicou que tinha perdido 900 gramas. Nem sei como... não me tenho moderado nada. A única coisa positiva que fiz na última semana foi andar a pé. Na quinta-feira andei mais ou menos uns quatro quilómetros. Pena, não ter tempo para ir andar todos os dias. Quando os dias aclararem mais já dará para fazer isso.

publicado por Pauxana às 22:20
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 16 de Janeiro de 2007

Quando a cabeça não tem juízo...

Pois é, não tenho mesmo juízo nenhum. Ontem fui às compras e voltei a fazer asneira: comprei uma tablete de chocolate e bolachas.

Hoje desde que cheguei a casa por volta das 5 horas já comi dois pacotinhos e meio de bolachas (umas que vêm em carteirinhas individuais). São integrais mas engordam na mesma. E para o jantar, em vez de comer um peixito com legumes, salteei uns cogumelos que juntei a um resto de esparguete, fiz um molho béchamel e fiz uma espécie de lasanha...

Só me apetecem gulodices. Ando com uma preguiça terrível, mesmo para as coisas da escola. Exercício nicles.

Tenho a pele outra vez cheia de borbulhas e aqui desterrada não tenho hipótese de ir à ginecologista pedir a pilula.

Pensei em ir ao cabeleireiro no início do ano para me tentar animar, mas nem isso fiz.

Para ajudar, nesta casa nem sequer tenho um espelho em condições e isso leva a um maior desleixo. Todos os dias aparecem problemas, e o meu ânimo não anda por aí além... quando é assim, já se sabe, refugio-me na comida.

Quero emagrecer, quero, mas não tenho a força de vontade que tinha há alguns anos e a falta do suporte familiar e emocional faz uma grande diferença.

publicado por Pauxana às 22:44
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Domingo, 7 de Janeiro de 2007

Anorexia não é moda é doença!

Vi há pouco uma reportagem na RTP1 sobre um movimento pró-anorexia e tive de vir aqui escrever.

Não fazia ideia da existência deste tipo de blogues. Depois da reportagem fiz uma pesquisa rápida, entrei em alguns e fiquei "doente" com algumas coisas que li. Idolatrar uma imagem esquelética? Mostrar ossos é bonito? Mas estas meninas nunca viram as crianças que morrem de fome? Não percebem que esse "estilo de vida" é o caminho para a morte?

Num desses blogues, uma menina de 1,72 que tem como meta atingir os 46 quilos, dizia que achava que estava com anemia porque se cansava muito. Na alimentação que ela descrevia dizia que só comia fruta. Como é que ela não havia de estar anémica?

O pior é que elas falam da morte das modelos, dizem que a anemia é traiçoeira, mas acham que a conseguem contornar, acham que a elas não vai acontecer. Meninas, não se enganem! Não são só brasileiras que morrem vítimas da anorexia! Há vários casos de mulheres portuguesas que morrem em consequência da anorexia. Isso aconteceu com uma amiga de uma prima minha. Eu tive uma colega que também esteve perto da morte. Emagrecer é importante quando se tem excesso de peso, para prevenir doenças, mas não queremos emagrecer para ficarmos mais doentes, pois não?

publicado por Pauxana às 14:12
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Sábado, 6 de Janeiro de 2007

Dia sim

Hoje portei-me bem. O almoço foi sopa, salada e bife de perú grelhado. O jantar foi legumes cozidos com douradinhos feitos no microondas.

Andei bastante a pé e ainda fiz uns abdominais.

Falta-me beber mais água, mas tenho bebido algum chá vermelho.

publicado por Pauxana às 23:46
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 5 de Janeiro de 2007

Erros e mais erros...

Isto não está fácil. Com uma constipação terrível está difícil entrar nos eixos. Na quarta-feira fui às compras e portei-me bem, mas ontem fui comprar outras coisas e fiz asneira: comprei bolachas e uma pizza que comi inteirinha ao jantar.

Sou esperta não sou? Ao almoço como salada e bife grelhado e à noite como uma pizza...

Enfim... pelo menos a ida às compras ontem obrigou-me a andar a pé, mas hoje senti-me outra vez pior e não me apeteceu.

Se o tempo e a disposição ajudarem, este fim-de-semana tenciono andar a pé, explorando a zona onde estou. Preciso mesmo de perder uns quilinhos porque até o único par de calças de ganga que me servia está apertado.

publicado por Pauxana às 22:29
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 2 de Janeiro de 2007

Ano novo, corpo novo

Este vai ser o meu lema. Engordei bastante nos últimos tempos e quero contrariar essa tendência até porque não tenho quase nenhum par de calças que me sirva e recuso-me a comprar mais enquanto continuar gorda.

No último mês a minha vida mudou. Fui colocada bastante longe de casa. Estou a morar sozinha. Sou obrigada a comer na escola. Só tenho tempo de comer uma sopa e uma sandes. E depois à noite vingo-me. Dei por mim no mês passado a fazer pratos super calóricos como lasanha de bacalhau e a comer quantidades absurdas.

O Natal não veio ajudar nada. A minha mãe tem por hábito deixar a "mesa posta" do Natal ao Ano Novo, com doces, bolo rei... enfim muito difícil não passar por lá e petiscar qualquer coisa.

Mas agora tenho uma oportunidade de ouro para contrariar esta tendência. Amanhã vou às compras e não vou cair nos erros anteriores. Vou tentar comprar apenas:

- legumes frescos e congelados

- peixe

- carne (perú, frango, um bife de vaca)

- fruta

- leite

- ovos

- água

- cereais

 

Se conseguir fazer escolhas saudáveis, sei que vou conseguir emagrecer. Para já a minha meta é ir progressivamente perdendo os 6 quilos que ganhei e depois continuar. Objectivo: chegar ao Verão com 50 quilos.

Quanto a exercício, espero andar a pé e fazer uns abdominais e outros exercícios em casa. Tenho instalado no portátil o programa Fitness e vou actualizá-lo.

Vamos ver como as coisas correm. Hoje, passei a tarde toda a viajar. Fiz exercício ao carregar com um saco pesadíssimo e uma mochila e subir com ele até ao terceiro andar. Para o jantar cozi ervilhas e cenourinhas e grelhei um hamburguer de galinha. Terminei a refeição com uma maçã e um chá.

Agora é ganhar ânimo, não me pôr a comer quando as coisas correrem mal no trabalho ou quando me sentir demasiado só e pensar nas roupinhas onde espero voltar a caber e sentir-me bem.

publicado por Pauxana às 21:43
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Pauxana 1,57 m. 28 anos Aveiro

links

posts recentes

Progressos...

Novo fôlego

Ponto de Situação

Mais gorda...

Novo ponto de situação

A primeira semana

De regresso à dieta

Novo ponto de situação

Ponto de situação

Quando a cabeça não tem j...

arquivos

Maio 2008

Setembro 2007

Maio 2007

Abril 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Novembro 2006

Setembro 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Visitas

blogs SAPO

subscrever feeds